Cabeçalho | InternacionalInstituto Politécnico de Viana do Castelo | Multimédia
OTIC
 
Home > I&D e Inovação > Projectos IDT > “Fertilização de culturas em agricultura biológica e avaliação do processo pós-colheita dos produtos”
Projectos IDT
PROJECTOS DE FORMAÇÃO
PUBLICAÇÕES
parcerias
PROGRAMAS FINANCIADORES
Arquivo de Agenda
Arquivo de Notícias
backoffice
 
 
“Fertilização de culturas em agricultura biológica e avaliação do processo pós-colheita dos produtos”
“Fertilização de culturas em agricultura biológica e avaliação do processo pós-colheita dos produtos”

Título do projecto
“Fertilização de culturas em agricultura biológica e avaliação do processo pós-colheita dos produtos”

Responsável
Isabel de Maria Cardoso Gonsalves Mourão

Objectivos
Contribuir para o conhecimento e demonstração de técnicas de fertilização e de produção de culturas hortícolas e forrageiras no modo de produção biológico (MPB), e avaliação do processo pós-colheita de produtos hortícolas.

Descrição Sumária

  • a) Fertilização
    Avaliar a produção e a aquisição de materiais orgânicos nas explorações de horticultura biológica da região de Entre Douro e Minho, e inventariar práticas correntes de fertilização.
    Demonstrar processos de compostagem de resíduos agro-florestais para utilização na agricultura biológica que minimizem as perdas de azoto por volatilização ou por lixiviação durante o processo de compostagem.
    Demonstrar práticas de fertilização aceites pelo MPB, que incluam a utilização dos compostos orgânicos, e que sincronizem a disponibilidade de azoto no solo com as necessidades das culturas.
    Adquirir novos conhecimentos sobre a utilização de compostos de resíduos orgânicos na supressão de microrganismos fitopatogénicos do solo, podendo ser utilizados na protecção das plantas.
  • b) Avaliação do potencial produtivo e comercial de cultivares tradicionais e de técnicas culturais
    Demonstrar diversos sistemas de consociação e tipos de rotação recomendadas para a produção biológica, que incluam culturas mais resistentes a pragas e doenças e culturas de leguminosas, e que tenham boa aceitação por parte dos consumidores.
    Demonstrar técnicas culturais que contribuem para a diminuição da incidência de pragas, doenças ou infestantes.
  • c) Avaliação da qualidade e poder de conservação dos produtos hortícolas
    Avaliar parâmetros associados à qualidade dos produtos hortícolas à colheita e a sua evolução ao longo da vida útil dos produtos.
  • d) Substrato para germinação de plantas
    Desenvolver um substrato de germinação para a propagação de plantas hortícolas no MPB. De um modo geral, os produtores e os viveiros de propagação e produção de plantas têm de recorrer à importação destes substratos, com custos muito elevados e, por vezes, sem garantia de qualidade.
  • e) Divulgação dos resultados e promoção do consumo
    Divulgar os resultados do projecto entre os produtores de culturas hortícolas no MPB.
    Promoção do consumo pela divulgação da qualidade dos produtos hortícolas biológicos.
    Promover o apreço público por questões ambientais como a conservação do solo, do ar e da água, e também a preservação da biodiversidade.

 

Duração
36 meses

Início - Fim
01 de Janeiro de 2004; até 31 de Dezembro de 2006

Instituição Coordenadora
Escola Superior Agrária

Entidades parceiras
Direcção Regional de Agricultura de Entre Douro e Minho (DRAEDM)
Cooperativa Agrícola das Serras da Boalhosa, Arga, Castro Laboreiro, Peneda e Soajo (CoopBoua)
Faculdade de Engenharia e dos Recursos Naturais / Univ. do Algarve (UAlgarve)
Faculdade de Ciências / Univ. do Porto (UPorto)
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)

Montante global
169 700 euros

Programas Financiadores
Projecto 747 do PO AGRO - 2º Concurso da Medida 8.1

 
Projectos Projectos | Mais Projectos | Real GE2C'S Proyecto VT | eca.it | ESOL | Bioemprende
LABORATÓRIOS
UIDM
UMA
 
 Agência de InovaçãoPOS ConhecimentoUnião EuropeiaSímbolo de Acessibilidade à Web
 
*
*
O seu browser não suporta frames, no entanto a sua visita a este portal não será afectada.