Este Portal foi desativado, em poucos segundos, será redirecionado para o novo portal IPVC
Gabinete de saúde
IPVC cria Gabinete de Saúde a pensar nos alunos

 Apresentação

A criação de um Gabinete de Saúde para os estudantes do Instituto Politécnico de Viana do Castelo é a mais recente aposta dos Serviços de Acção Social deste estabelecimento de ensino superior. As consultas serão gratuitas e arrancam já em Março.

“Sentimos sempre, em termos gerais, a necessidade de prestar cada vez melhores serviços aos estudantes do IPVC”, referiu o presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Rui Teixeira justificando assim a criação do Gabinete de Saúde que pretende, entre outros objectivos, “dar resposta às necessidades dos estudantes e restante comunidade académica, em termos de apoio médico, psicológico e de enfermagem, bem como desenvolver acções de sensibilização e promoção da saúde junto da população académica do IPVC”.

O Gabinete de Saúde vai estar sedeado no Centro Académico do IPVC, no Largo 9 de Abril, no edifício conhecido como Ex-BC9, sendo que as consultas serão gratuitas para os alunos. O primeiro serviço a disponibilizar no âmbito deste gabinete será o de aconselhamento psicológico cujas consultas terão início do mês de Março. Os restantes serviços serão progressivamente disponibilizados à comunidade académica.

“O Gabinete de Saúde vai funcionar em estreita ligação com a Escola de Enfermagem e o Gabinete de apoio psicológico da Escola Superior de Educação”, revelou o administrador dos Serviços de Acção Social (SAS), Diogo Moreira realçando o “contributo das Associações de Estudantes e da Federação Académica que foi crucial para a concepção do gabinete”.

“Com a implementação deste espaço inovador pretende-se ajudar os estudantes do IPVC a construir a sua autonomia, a sua capacidade de tomar decisões e de adquirir hábitos saudáveis, assim como a lidar com os problemas do quotidiano, contribuindo, assim, para optimizar o desenvolvimento interpessoal, melhorando o sucesso académico e incentivando a aprendizagem ao longo da vida”, salientou ainda Diogo Moreira.

Este é mais um apoio prestado pelos Serviços de Acção Social do IPVC que, por exemplo atribuiu este ano lectivo bolsas de estudo a cerca de mil alunos, ou seja 30 por cento dos alunos do IPVC.

Para além dos apoios sociais directos, nomeadamente as bolsas de estudos, os estudantes do IPVC beneficiam ainda de apoios sociais indirectos, nomeadamente, serviços de alimentação. Para o efeito os estudantes têm à sua disposição cinco cantinas que servem refeições completas ao preço de 2 euros e cinco bares onde servem produtos de cafetaria a preços sociais. O IPVC disponibiliza ainda diversas residências para ose seus alunos.

Paralelamente, e no âmbito da missão destes serviços, são disponibilizados aos estudantes serviços na área do desporto, através do Centro Desportivo, bem como serviços na área da cultura, através da Oficina Cultural do IPVC, “que é uma das poucas estruturas de apoio a actividades culturais existentes ao nível do ensino superior em Portugal, e que é um bom exemplo da abordagem inovadora que orienta os SAS do IPVC”, concluiu Diogo Moreira.

*  
*  
*  
*  
*  
*  
*